Skate: radical é pouco Daniel Vieira: “É preciso dominar o ollie para conseguir deslizar no corrimão”

Posted: March 27, 2012 in Uncategorized

Por Karina Bernardino

Se existe uma palavra que define o skate é radical. Dos giros no ar aos loops feitos com a prancha, o esporte parece não conhecer limites e, boa parte das vezes, desafia as leis da física. Assim, não é à toa que praticamente 100% dos skatistas sonhem em executar (bem) manobras radicais.
Segundo Daniel Vieira, tricampeão mundial e pentacampeão europeu de vertical, pelo grau de dificuldade e ousadia, a menina dos olhos dos skatistas é descer no corrimão e desafiar a megarrampa. “Para conseguir deslizar no corrimão é preciso dominar perfeitamente o ollie. Esse movimento básico é o início de tudo. Não dá para descer o corrimão sem esse movimento”, ensina. A manobra mais usada é a Smith Grind, quando o skatista desliza o truck sobre a superfície do corrimão. Para isso, o impulso inicial, como explica Daniel, é justamente o ollie, que, dependendo da altura do obstáculo, precisa de impulsos cada vez maiores. “Dedique-se a aprender a saltar, e, para pegar mais altura, bata a parte de trás do skate no chão. Depois é só encaixar o skate no corrimão.” Daniel aconselha a começar com corrimões baixos e depois ir para os mais altos. Já com o desafio da megarrampa, o ideal é praticar os saltos para se acostumar com a altura. Nesse caso, dá para aproveitar os treinos de ollie. “Marque no chão até onde você quer ir. Pegue um ponto de referência ou assinale com giz, fita crepe etc. E treine até conseguir se aproximar o máximo possível da marcação.”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s